Anthony Kiedis não é mais vegetariano

Em entrevista recente a Blick am Abend, Anthony fala sobre vegetarianismo, anos de estrada e qualidade de vida.

13015274_1162177587133776_1800776663463008639_n

Você tem 53 anos – e continua em forma. Como faz para manter isso?

Eu surfo muito. Sou atraído ao mar quase que diariamente. Moro em Malibu na Califórnia, muito perto da praia. O oceano chama meu nome, e eu pulo dentro. Também procuro ter uma alimentação saudável.

Ainda é vegetariano?

Fui vegetariano por anos, por vezes até vegano. Mas da última vez que fiz meu exame de sangue, o médico disse que eu devia comer um búfalo devido à falta de vitaminas e má acidez. Desde então entram carne e peixe na minha mesa.

Você faz parte de uma das bandas de rock mais populares há mais de 30 anos. Como se faz para permanecer por tanto tempo no topo?

Por meio de trabalho duro e confiança. Apesar disso, estamos sempre abertos a surpresas. Quem não tem mais pulso, está morto. Nós não queremos morrer, então buscamos ficar na vanguarda. Queremos viver não apenas das ideias de ontem, mas também das de hoje. O desafio é não ficar saturado pelo sucesso.

E como se previne isso?

Apesar de morarmos em belas casas agora, ainda gostamos de perambular pelas mesmas ruas de antes. Nós ficamos com nossas mentes infantis. Acho importante alguém, mesmo com 53 anos, ainda permanecer um pouco louco. É um trabalho maravilhoso, poder moldar um pouco o mundo. Quanto mais confortável a cama em casa for, mais sonolento você fica. Gosto de dormir em colchões duros.

Do que você mais se orgulha?

De meu filho de oito anos. Ele é a coisa mais valiosa que tenho nesse mundo. Meu filho, minha banda, o Surf – essa é minha trindade.

Os RHCP tocam dias 5 e 6 de Outubro no Estádio Hallen em Zùrich.

 

Fonte: Blick am Abend

Tradução: Ana Beatriz Barata