Trechos da entrevista de RHCP para Mike McCready

A rádio Sirius XM liberou alguns trechos de uma inusitada entrevista feita na semana passada. Flea e Chad conversaram sabe com quem? Com Mike McCready, guitarrista da banda Pearl Jam. A conversa rolou na semana passada durante o Jazz Fest, em New Orleans. Transcrevemos e traduzimos esta conversa abaixo para vocês.

Obs: A entrevista rolou 10 dias antes do lançamento de Dark Necessities e Flea havia apontado ‘Go Robot’ como o novo single. Aparentemente, a banda mudou de idéia mas há a possibilidade de ser o próximo single. Só saberemos depois…

Em breve, postaremos a tradução da entrevista completa com 50 minutos de duração.

Confiram os trechos abaixo ;)

Flea: Eu estava ouvindo muito Prince… Ele fez grande parte no nosso desenvolvimento, no meu desenvolvimento.

Mike: Você já conseguiu tocar com ele?

Flea: Nunca consegui.

Mike: Seria como se vocês tivessem cruzado os caminhos.

Flea: Eu nunca o encontrei. Nunca. Anthony encontrou com ele uma vez, eu acho. Mas nossa, ele faz muito parte dos “Deuses” que ouvimos, principalmente porque há alguns álbuns que cara…. nós éramos tão… Pré Purple Rain, Pré 1999, na verdade qualquer álbum antes destes…  Dirty Mind, Controversy. Tipo, o que são aqueles 12” que ele lançou?  Time? In time? [Flea cantarola]

Mike: Eu meio que que conheço mais do que veio depois. Sign O’ the Times era meu álbum favorito. Quando será o lançamento do próximo álbum?

Flea: Em breve. Foi masterizado ontem.

Mike: O novo single?

Flea: O novo single se chamará ‘Go Robot’. E é bem engraçado, funky, com um ritmo mais acelerado. E é engraçado porque enquanto mixávamos e escrevíamos, eu queria que ele soasse mesmo como Controversy, do Prince.

Mike: Vocês tem noção do quanto são importante para nós como banda? E vocês lembram das turnês que fazíamos juntos?

Chad Smith: Eu lembro.

Mike: E nossa… como foi importante aquilo e como foi bacana a forma como vocês nos trataram. E foi aquela coisa, né? Desde Stone querendo tocar com o Jack Irons até o Jack Irons conhecer o Eddie e tudo mais…

Chad Smith: Hmm nós temos uma ligação, uma forte ligação.

Mike: Pode-se dizer que nós não existiríamos sem os Chili Peppers.

Chad Smith: Não, nada a ver…

Mike: De várias formas! Teria sido difícil. Nós tínhamos mesmo que ter feito aquela turnê com vocês. A do Blood Sugar Sex Magik, quando vocês estavam explodindo e foram super legais conosco, nos mostraram como fazer tudo aquilo.E agora veja só você, o monitor de vocês, Smity, agora é nosso tour manager, Carey que estava no Ratsound que estava com o Dave Rat…

Chad Smith: Vocês caçaram todos os nossos caras!

Mike: Caçamos mesmo! Eles eram bom demais!

Chad Smith: Nossa e eles amavam vocês, fico feliz que tenha dado certo, sabe?

Mike: Você sabe o quanto amamos vocês e… o que você queria dizer?

Chad Smith: Eu sei e é bacana você dizer isto e…

Mike: Você lembra da turnê de 1992?

Chad Smith: Claro que lembro!

Mike: Eu também.

Chad Smith: Eu lembro mesmo, faz um tempão…

Mike: Faz mesmo.

Chad Smith: Cara, nós eramos jovens. E eu era bem mais maluco.

Mike: Ôpa se era!

Chad Smith: Ôpa!

Mike: Eu também.

Chad Smith: Sim, nós éramos jovens e como você disse, a música estava mudando. Mas eu me lembro de estar entrando em turnê e não sei se você sabe disto mas nós estávamos ensaiando em um local chamado Alley in the Valley e tocávamos lá direto. Naquela época o Smashing Pumpkins já estava nas paradas. E assim… não sei se foi muito antes disto ou um mês antes ou menos. Não sei mas sabe quando estávamos entrando em turnê? Flea chegou e nós buscávamos uma terceira banda para formar a turnê e estávamos tipo: “AAAHHH, quem poderá ser ou o quê?”. E bem, Flea disse algo do tipo: “Jack Irons é amigo de Eddie que canta nesta banda… e eles já tem álbum lançado… pode ser legal, vamos fazer este favor…

Mike: Eu não sabia disto.

Chad Smith: “Talvez vamos levá-los como banda de abertura”

Mike: Jack Irons?

Chad Smith: Sim, como não? Eu me lembro de estar sentado no carro dele. Ele tinha um Mercedes e o painel do carro era pintado cada canto de uma cor diferente.

Mike: Flea?

Chad Smith: Sim, o Flea. O carro de palhaço. Bem sutil. Ninguém saberia dizer quem estava vindo [gargalhadas] Era de 90? Ou 91?

Mike: De fato não era um modelo padrão para um Mercedes, wow!

Chad Smith: Wow. Era certamente um carro “Wow!”. E eu lembro dele ter colocado uma fita cassette… acho…

Mike: Sim, provavelmente era.

Chad Smith: Ele colocou a fita para tocar. Nós estávamos dando umas voltas e fumando. Depois do ensaio e de termos ouvido por somente 30 segundos, acabamos dizendo: “É, é legal até. Beleza, fechou!”  [gargalhadas]

Mike: Gostaria de agradecê-los agora por terem feito isto!

Chad Smith: E foi assim. Todos estavam de bom humor naquele dia!

Mike: Ufa! Que bom que vocês saíram do ensaio de bom humor naquele dia. Então vocês devem ter ouvido… eu acho que o álbum já estava lançado. Ou foi um EP com 3 músicas?

Chad Smith: Nossa eu não sei e não quero soar como falta de respeito mas nós ouvimos e foi assim que rolou.

Mike: Eu não sabia desta história.

Chad Smith: Esta é a história verdadeira. A verdadeira. E depois vocês saíram em turnê conosco e…

Mike: Foi tão divertido.

Chad Smith: Nós adoramos!

Mike: Meu Deus, foi tão divertido!

Chad Smith: Todos nós nos divertimos!

Mike: Foi demais! Foi a nossa primeira turnê. Foi a nossa primeira grande turnê, vocês estavam mandando ver. Nós estávamos tocando para 25… 50 pessoas mas aquilo não importava. Nós tínhamos 8 ou 10 músicas, talvez. E vocês foram tão legais conosco… Caiu a minha ficha de que estávamos indo no caminho certo quando o Anthony usou nosso boné uma noite. Ele usou um boné do Pearl Jam e eu fiquei tipo: “Estamos chegando lá, Anthony está usando nosso boné!”

Tradução & Revisão: Ana Paula Machado Mancini

Agradecimentos: Rebecca Billingham