Flea: Donald Trump é “um palhaço ridículo de reality-show”

Baixista do Red Hot Chili Peppers e apoiador de Bernie Sanders, Flea estava assistindo um debate republicano recente quando foi golpeado pelo que viu como uma linha comum entre os candidatos.

720x405-GettyImages-467323121

“Tudo que eles falaram era sobre quem poderia matar mais pessoas eficientemente. É nojento, frio e egoísta porque eles só falam: ‘eu posso matar ISIS’, e esse não é o caminho”, o músico conta para a Rolling Stone. “ISIS são demônios repugnantes e nojentos, que precisam ser detidos, mas (os candidatos) apenas jogam nas mãos deles com alienação. Tudo que escuto é racismo e ‘Construir o complexo industrial militar’ e ‘deem armas às pessoas’. Eu não entendo a obsessão por morte, violência e matança. Não faz sentido para mim”.

Flea conversou com a Rolling Stone um dia depois do caucus (sistema para eleger delegados em dois estados – Iowa e Nevada – na fase das eleições primárias) de Iowa, e tem palavras duras para os republicanos Donald Trump e Ted Cruz.

“Eu não consigo levar Donald Trump ou qualquer coisa que ele diga a sério”, ele diz. “Eu acho que ele é um palhaço ridículo de reality-show e um cara arrogante que gosta de chamar atenção. Eu não acho que ele queira ser presidente, e não acho que ele tem chances de ser presidente. Ele é uma pessoa egoísta e ridícula, cujo maior objetivo de vida é conseguir um boquete. Ele quer estar na TV e ele quer que todos achem que ele é importante”.

Para Flea, as declarações controvérsias de Trump sobre imigração e terrorismo são mais ‘um teatro ridículo’ do que provocações audaciosas. “Eu acho que nem ele acredita no que diz. Ele é apenas um produto disso, se você gritar alto o suficiente e agir brutalmente o suficiente, as pessoas vão prestar atenção em você. Ele funciona para a mídia e eles amam isso. Eu fico hesitante em discutir isso, porque eu acho tudo muito insignificante”.

“Esse cara nunca disse algo sobre coisa alguma que realmente afetasse alguma questão que tenha a ver com a realidade dos americanos. Ele nunca disse algo que iria ajudar os trabalhadores ou os pobres. Acho que ele pode ajudar os ricos com benefícios fiscais. Ele é um palhaço imobiliário que nasceu rico e tem apostado em ser um ladrão de dinheiro”.

Trump não foi o único republicano em ganhar a ira do músico de 53 anos de idade, que criticou Ted Cruz, o vencedor do caucus de segunda-feira. “Ted Cruz é um homem egoísta e de espírito ruim. Ele está ganhando milhões de dólares de empresas como Goldman Sachs e essas corporações e pessoas são as que dizem o que ele deve fazer se chegar ao gabinete”, Flea diz. “A NRA e as grandes instituições financeiras irão dizer a ele o que fazer, e ele vai fazer porque ele pertence à elas”.

Enquanto os Red Hot Chili Peppers continuam trabalhando no novo álbum de estúdio, a banda irá participar de um show para arrecadar fundos para a campanha presidencial de Bernie Sanders, na próxima sexta-feira, dia 05/02, em Los Angeles. Em setembro, os quatro membros assinaram uma carta de apoio, que foi postada no site do candidato. “Bernie Sanders é o único candidato sensato para a Presidência dos Estados Unidos”, Flea diz.

Créditos: RollingStone.com
Tradução: Amanda Olivieri